faça uma doaçao

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Nada acontece por acaso


Resultado de imagem para Nada acontece por acaso

Nada acontece por acaso. De certa maneira, todos que aparecem em nossa vida são pessoas com quem temos karma.
A única razão de conhecermos alguém é por que existe um laço kármico.

Mas uma relação kármica é quando temos elos fortes e predestinados. Sabemos que estamos em uma relação kármica quando, de uma maneira inexplicável, somos atraídos por uma pessoa ou quando alguém tem uma forte influência sobre nós. Às vezes, esse relacionamento kármico é tão poderoso que mesmo que a pessoa tente sair dessa relação, ela não consegue.

Como disse a professora de Yoga Sally Kempton: "Se é romance, paixão à primeira vista pode ser um sinal de que uma relação kármica está em jogo. Mais frequentemente do que não, o sentimento de se apaixonar é o gancho que o coloca no lugar para o karma se resolver. Depois de anos de desgaste, você pode se perguntar por que você chegou a essa situação com seu parceiro. A resposta pode ser: vocês tinham algo para trabalhar juntos. Do ponto de vista yóguico, karma é o imã que une as pessoas e a cola que as mantêm".

Outra definição de karma é quitar "dívidas" '. Em alguns relacionamentos kármicos, pode haver um sentido de obrigação, como se devêssemos algo a alguém ou alguém devesse algo para nós.

Existem ciclos que começam e terminam e algumas pessoas desaparecem de nosso convívio por muitos motivos. Geralmente, quando a pessoa quita seu karma em um relacionamento difícil, ela tem a escolha de sair dessa relação.

Devido ao sentimento de baixa autoestima, do medo de ficar só, de apegos, de não querer dividir os bens, muitos casais não se separam e ficam juntos, sofrendo e criando mais karmas, com brigas e mágoas. Porém, é necessário muito discernimento, autoconhecimento, autoestima, responsabilidade e compreensão para entender se um relacionamento kármico pode terminar.

Precisamos entender que não estamos juntos por acaso, mas que existe um motivo kármico, uma lição para aprendermos, e que temos um compromisso com algumas pessoas.

Muitas relações kármicas são para a vida toda e devemos aceitá-las com paciência. É essencial mudar nossos pensamentos e atitudes para amenizar os conflitos. Se existem aspectos negativos em alguns relacionamentos kármicos com cônjuges, filhos, parentes, chefe, amigos, companheiros no trabalho, é importante fazer escolhas positivas que quebrem os velhos ciclos.

Todos aqueles que são especiais em nossa vida, principalmente os mais queridos, são parte de nossa 'turma' kármica. Podemos estar juntos há muito tempo, por muitas vidas.

Desse modo, precisamos descobrir quais os passos para as mudanças necessárias para melhor convívio, para ajudar-nos mutuamente, resgatando e mudando os efeitos do karma.

Segundo a filosofia do yoga, para mudar nossos karmas negativos precisamos nos comportar de maneira ética, desenvolvendo virtudes e qualidades positivas que nos alinhem com a força positiva do universo. Vivenciar a não violência em nossos pensamentos, palavras e ações.

Mudar nosso karma inclui também a maneira como vivemos o dia a dia. Precisamos trocar os padrões mentais negativos e comportamentos que alimentam os karmas antigos. Cada ação que fazemos com generosidade, bondade, compaixão afeta tanto a nós quanto aos outros.

Quando aprendemos as lições do karma, nós nos transformamos para melhor e nossa transformação pessoal ajuda a transformar as pessoas perto de nós e o ambiente.

Devemos mudar a nós mesmos, mas não devemos tentar mudar o karma das pessoas. Interferir no karma delas é criar mais karma para nós. Podemos ajudá-las a superar seus desafios e problemas sem julgá-las ou condená-las, dando espaço para que trabalhem internamente seus karmas e se libertem.

Com boas atitudes diárias, você pode semear pequenas mudanças em sua vida. Comece seu dia com uma intenção positiva de ser útil e compreensivo. Esteja mais presente com todos que encontrar, ouça-os com mais paciência. Observe como essas intenções conduzirão seu dia.

O yoga nos ensina que perdemos muitos méritos através da fala. Portanto, antes de fazer uma crítica, antes de ofender ou brigar, controle-se e pense por que está fazendo isso. Procure pensar antes de falar.

Descubra que sentimentos escondidos estão gerando essas críticas. Lembre-se do que disse Emanuel, através de Chico Xavier: "Se não puder elogiar, cale-se".

Ajudar aos outros, com solidariedade, boa vontade e bondade pode diminuir os karmas passados ou amenizar seus efeitos sobre nossa vida.

Faça algo gentil todos os dias. Tenha paciência com seus filhos, ouvindo-os com atenção. Seja amável com seu cônjuge desde o café da manhã, falando com gentileza e estando presente para seus familiares.

Seja atencioso com seus companheiros de trabalho. Dê um sorriso de bom dia para o zelador e faxineiro do seu prédio. Trate sua empregada doméstica ou funcionárias com delicadeza e compreensão.

Recolha o lixo na praia ou ao seu redor. Recicle, conscientize-se da importância de economizar água e não poluir a natureza e o ambiente.

Com motivação, mude seus hábitos ruins. Decida se alimentar de maneira bem saudável e decida que não cederá a hábitos alimentares errados no seu dia a dia. Liberte-se da preguiça de se exercitar e faça caminhadas. Pratique yoga e leve suas práticas do yoga para sua vida diária.

Segundo a filosofia do yoga, se você quiser saber como será seu futuro, sua saúde, seus relacionamentos, sua situação financeira, observe o que está pensando, falando e fazendo agora.

Como disse o yogue Deepak Chopra: "Segundo a lei do karma ou de causa e efeito, toda ação gera uma força energética que retorna a nós da mesma forma. O que semeamos é o que colhemos. Quando escolhemos ações que levam felicidade e sucesso aos outros, o fruto de nosso karma é a felicidade e o sucesso".

Compreenda que você é o resultado do que faz e que cada pensamento molda sua vida. Mude seu karma mudando sua maneira de viver seu dia a dia. Faça boas escolhas e troque os padrões que mantinham os velhos karmas. Aplique as lições do karma para sua evolução espiritual. Fique em paz! Namaste! Deus em mim saúda Deus em você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AJUDE COM UMA DOAÇAO dados para deposito BANCO DO BRASIL agencia 06432 conta 263508

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens populares