faça uma doaçao

}); google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0
Mostrando postagens com marcador karma. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador karma. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Chakras da quarta e quinta dimensões

Chakras da quarta e quinta dimensões ★★★
O entendimento mais comum do nosso sistema de chakra para a maioria das pessoas, é que temos sete chakras. Este é um entendimento válido se estamos apenas considerando as dimensões da realidade 3D. O fato é que temos oito chakras 4D e mais sete chakras na 5D.
CHAKRAS DA QUARTA DIMENSÃO
★ 8° Chakra - Cálice – Energia ★
Inter-relacionamento de Universos
É o nosso corpo Morontial, que está em muitos de nós sendo reativado. Sua cor é verde esmeralda e púrpura. É a sede da alma e o 1º chakra da 4º dimensão. Localiza-se aproximadamente 20 cmacima da cabeça na direção da coluna. Seu símbolo é o cálice receptor da energia Divina, que foi densificada e distribuída pelo 9º chakra. Ele filtra e purifica as energias cósmicas dos 12 Raios, regulando-as e permeando-as para o uso nos campos energéticos humanos. Seu elemento é Graal e funciona como um receptor de energias. É o responsável pela expressão da sabedoria superior e formador da essência humana.
Relaciona-se com o corpo Energia. Ajuda a tornar-se uno com o planeta e com o cosmos. Traz a consciência de outras dimensões e reinos da natureza, como o reino elemental e expressões não físicas do eu.
★ 9° Chakra - Corpo de Luz – Essência ★
Onipresença
Sua cor é verde e azul. Relaciona-se com todo corpo de luz, penetrando na estrutura celular, sub-célula Alegria. Localiza-se aproximadamente a 50 cm acima da cabeça. Seu elemento é “I AM” - “Eu Sou”. Sua função é de irradiar o Amor Universal. Seu símbolo é uma estrela de 6 pontas, contendo em essência, todas as qualidades dos 12 Raios Sagrados.
No centro, reside a Chama Trina, representando a Trindade Solar ou Logos.
Relaciona-se com o corpo Essência. Gera infinitas imagens criadas magneticamente em outras dimensões.
★ 10° Chakra – Plexo Logos, Integração das Polaridades - Cosmos ★
Sua cor é madrepérola. Localiza-se aproximadamente a 70 cm acima da cabeça Seu elemento é Vida. Sua função é propiciar a entrada segura da Luz Divina nos planos mais densos da manifestação. Sua função é trazer a mônada, ou seja, a Luz das dimensões superiores para os planos de energia mais densos. É esse raio de Luz Divina que faz a conexão do Eu Superior, que é a própria Luz com a chama Trina, Eu Sou. Faz a perfeição das polaridades masculina e feminina.
Relaciona-se com o corpo Cosmos. Sua energia penetra nas idéias criativas do Cosmos e na matéria do planeta. Nesta freqüência é possível criar idéias novas e inventivas, com base em novas combinações da matéria para a realidade pessoal.
★ 11° Chakra - Superior – Mônada★
Onisciência – O nível da nossa alma grupal
Sua cor é o laranja-rosado. Localiza-se aproximadamente a 90 cm acima da cabeça. Seu elemento é Eu Superior ou mônada. Sua função é ancorar a própria Luz Divina nas proximidades dos campos de força do corpo humano. Alinha todas as dimensões dos 4 corpos inferiores. Supera o trauma. Liga o corpo de luz do ser humano com a consciência cósmica. Essa pura Luz possui todas as qualidades Divinas e irradia um de seus Raios de Luz para o ser humano.
Relaciona-se com o corpo Luz e está associado com a criação do Universo e o pensamento criativo, combinado com a matéria física.
★ 12° Chakra - Fusão - Eterno ★
Libertação - O nível crístico e do nosso Eu Superior
Sua cor é o dourado cintilante. Localiza-se a aproximadamente um metro e meio acima da cabeça. Seu elemento é o Cosmo. Representa a consciência cósmica. Capta energias cósmicas, mais sutis. É transformativa, que transforma todas as formas e energias do corpo humano.
Relaciona-se com o corpo Eterno e contém Tudo O Que É, o UM.
★ 13° Chakra - Manifestação Vibratória, Comunicação ★
É onde se localiza a nossa presença Eu Sou.
Este décimo terceiro chakra é relacionado à manifestação da comunicação vibratória. Este é o chakra que é usado na materialização e desmaterialização das coisas. É também o chakra utilizado no teletransporte. Este chakra também é usado para a cura.
COR: Violeta rosado
★ 14° Chakra - Plano Divino ★
O décimo quarto chakra é relacionado com o Plano Divino. Permite com que a mente se renda ao Eu Superior. O décimo quarto chakra está dizendo que você está permitindo que o Plano Divino mostre o caminho a seguir sem revisar ou avaliar com suas crenças mentais. Este chakra corresponde ao terceiro olho na terceira dimensão. Ele traz clarividência na quarta dimensão. É o início para ativar o aspecto do infinito dentro de si mesmo.
COR: Violeta azulado escuro
A partir desse ponto, começamos a nos conectar com a Fonte de tudo que é.
★ 15° Chakra - Conexão Monádica ★
O décimo quinto chakra é relacionado com a conexão Monádica. Corresponde ao chakra coronário na terceira dimensão. O sétimo chakra é a nossa conexão espiritual. Com o décimo quinto chakra nós nos tornamos parte da Mônada. Isto nos dá a porta da ascensão. Quando este chakra está funcionando quer dizer que a estrutura da nossa alma está estável o suficiente para controlar a energia e o alcance da informação proveniente do nível monádico.
COR: Branco Dourado Suave
CHAKRAS DA QUINTA DIMENSÃO
★ 16° Chakra - Ascensão, Ser Universal ★
O décimo sexto chakra é relacionado com a ascensão. É o décimo sexto chakra que corresponde ao chakra coronário na terceira dimensão. Este chakra é o primeiro dos chakras da quinta dimensão. Este chakra de ascensão à Mônada e à Presença do Eu Sou e de transformar-se em um ser universal torna-se a nova linha de base, assim como o oitavo chakra, o trono da alma, era a linha de base nos chakras da quarta dimensão.
COR: Branco Violeta Suave
★ 17° Chakra - Luz Universal ★
O décimo sétimo chakra está relacionado com a luz universal, correspondendo ao nono chakra ou corpo de luz na rede dos chakras da quarta dimensão. Nós vamos da terceira dimensão que é sólida para a quarta dimensão que é sólida e luz, até chegar à quinta dimensão que é luz em sua totalidade.
COR: BRANCO
★ 18° Chakra - Divino, Intenção Dimensional ★
O décimo oitavo chakra está relacionado à intenção divina da sexta dimensão. Este chakra quando está ativado traz habilidade de trazer a sexta dimensão para a realidade. Olhando para a tabela dos chakras, você verá que há um vazio entre o décimo oitavo e o décimo nono chakra que diz: "Sem correspondência". O motivo deste vazio é que na quinta dimensão não existe correspondência ao chakra solar da terceira dimensão porque ele se uniu ao chakra da quinta dimensão que corresponde ao chakra cardíaco na terceira dimensão.
COR: ROSA DOURADO
★ 19° Chakra - Energia Universal ★
O décimo nono chakra é relacionado com a energia universal. Na terceira dimensão, este chakra corresponde ao chakra cardíaco, que foca na energia do coração. Na quarta dimensão, no décimo segundo chakra, a energia que se expande é a energia Crística. Na quinta dimensão, a correspondência se faz com a energia universal. Esta energia universal é sentida por aqueles que permitem que uma nova fonte de energia passe por esta fonte, através do seu nível Monádico, através de seu nível de alma para o corpo físico.
COR: Magenta
★ 20° Chakra - Existência ★
O vigésimo chakra é relacionado com o EU SOU. Na terceira dimensão, você precisa se comunicar pelo som. Na quarta dimensão, você tem a capacidade de se comunicar mais expandida, através da vibração da luz. Na quinta dimensão, não há necessidade de trocas, é um estado de ser o universo em que a troca não é necessária para a comunicação.
COR: Violeta dourado
★ 21° Chakra - Divino ★
O vigésimo primeiro chakra é relacionado com a estrutura divina. É o criar a partir de um ponto de evolução, o que é na verdade um ponto de resolução. Quando você desenvolve a sua consciência, este chakra te dá a capacidade de ver o Plano Divino. Você agora está além da estrutura da quinta dimensão dentro do aprendizado que se deu na estrutura Divina.
COR: Azul dourado
★ 22° Chakra - Fonte de conexão★
O vigésimo segundo chakra é relacionado com a Fonte ou conexão com a Mente de Deus.
COR: Platina
Na verdade são milhares os nossos chakras. Agora conforme acontece o nosso progresso rumo à ascensão espiritual, outros chakras que haviam ficado dormentes, começam a ativar-se e começamos a notá-los. Muitas pessoas estão se tornando conscientes de outros chakras que existem abaixo e acima do corpo em pontos transpessoais.
Eles estão sendo ativados para nos ajudar a elevar as nossas vibrações, tanto pessoais quanto a planetária. Dentre eles citarei alguns mais, com o objetivo de ampliar o seu conhecimento. Além dos cinco novos chakras acima descritos citarei também os chakras: Alfa e ômega, do timo, o Void, o da câmara secreta do coração, o umeral e o Chakra do Anjo.
★ Chakras Alfa e Ômega ★
A maioria das pessoas sabe da existência dos chakras. O que maioria não sabe, é que cada ser humano tem um total de quatorze chakras principais que existem em muitas dimensões simultaneamente - sete no corpo físico, sete fora do corpo - e mais os ''chakras'' Alfa e Ômega. Desses sete chakras fora do nosso corpo, cinco estão acima mencionados, restando dois, o décimo terceiro e o décimo quarto, que ainda não temos praticamente nenhuma informação. A maioria das pessoas vê ou sente os chakras como fontes que vibram e irradiam energia, mas os chakras também têm uma estrutura interna de seis dimensões.
Sob o domínio do jogo kármico, a estrutura dos sete chakras do corpo foi deliberadamente restrita para que eles pudessem apenas conduzir energia do plano astral. Eles foram ''bloqueados''. Com essa estrutura limitada, o chakra assumiu a aparência de dois cones. Um dos cones abre-se para frente do corpo e o outro abre-se para trás. No lugar em que suas pontas se tocam no centro do corpo, ele é ''bloqueado'' para que permaneça dessa forma. Essa parte central mais estreita tende a ser obstruída por ''entulhos'' mentais e emocionais, que fazem com que os cones girem mais lentamente chegando a quase parar de girar. Isso faz com que o sistema dos meridianos fique desprovido de energia, podendo causar doença ou até mesmo morte. Essa estrutura dos chakras pode fazer com que a energia circule apenas da frente para trás e de trás para frente, sem conseguir captar as freqüências das dimensões superiores.
Quando o processo do Corpo de Luz é ativado, os ''bloqueios'' nos pontos centrais são eliminados. A estrutura do chakra abre-se gradativamente a partir do centro até ele se tornar esférico. Isso faz com que o chakra irradie energia em todas as direções e comece a transmitir freqüências das dimensões superiores. O corpo libera o material kármico acumulado e a forma esférica impede que ele volte a se acumular. As esferas continuam aumentando de tamanho até que todos os chakras se fundam em um único campo energético. Cada um dos chakras superiores (os chakras que estão fora do corpo) tem um padrão diferente de estrutura geométrica, que é apropriada para transmitir as freqüências específicas da dimensão ou Mente Suprema associada ao chakra. O oitavo e o décimo primeiro chakras contêm também vasos cristalinos de formato achatado, pelo quais passam as linhas axiotonais galácticas. Esses vasos são usados pela Mente Suprema para modular as influências astrais sobre o corpo físico da pessoa quando seus meridianos axiotonais forem reconectados. A Mente Suprema calibra novamente as linhas axiotonais e o sistema circulatório axial através do oitavo chakra. Por isso, esse chakra atua como ''chave de controle'' durante a mutação dos sistemas do corpo e a fusão dos corpos energéticos.
Até recentemente, os chakras Alfa e Ômega estiveram atrofiados no corpo humano. Mesmo sendo centros energéticos, os chakras Alfa e Ômega têm características e funções totalmente diferentes dos outros chakras. Eles são reguladores altamente sensíveis das ondas elétricas, magnéticas e gravitacionais, e também servem de âncora para a qualidade etérica da sétima dimensão.
O ''chakra'' Alfa situa-se de quinze a vinte centímetros acima e cinco centímetros à frente do centro da cabeça. Ele liga a pessoa ao corpo de Luz imortal na quinta dimensão. O ''chakra'' Ômega encontra-se cerca de vinte centímetros abaixo da parte inferior da coluna e liga a pessoa ao planeta como um holograma, bem como com toda a rede holográfica de encarnações. Diferentemente da matriz kármica de quatro dimensões, esse é um tipo de ligação inteiramente não - kármico. O oitavo chakra encontra-se de dezessete a vinte e três centímetros acima do centro da cabeça, acima do ''chakra'' Alfa. Há uma coluna de Luz, de cerca de dez centímetros de diâmetro, que desce do oitavo chakra através do centro do corpo e dos chakras corporificados, até cerca de vinte centímetros abaixo dos pés. Essa coluna abriga um túnel de Luz, de cerca de dois centímetros de diâmetro, que desce exatamente pelo centro, percorrendo toda a extensão da coluna.
Quando os chakras Alfa e Ômega estão abertos e funcionando devidamente, a pessoa sente algo conhecido como Ondas de Metraton, percorrendo a coluna de Luz internamente. Essas ondas magnéticas, elétricas e gravitacionais oscilam de um lado para o outro entre os chakras Alfa e Ômega que regulam a amplitude e a frequência das ondas. Essas ondas estimulam e mantêm o fluxo de energia vital prânica, através do túnel menor de Luz. As Ondas de Metraton também ajudam a adaptar a mutação do corpo físico ao modelo preexistente do corpo de Luz imortal.
Quando os chakras do corpo restabelecem sua estrutura esférica, formam-se redes que conectam os chakras diretamente aos pontos giratórios da superfície da pele, ligando-as diretamente aos novos sistemas axiotonais e axiais. Ao ligar as redes com as linhas axiotonais, os chakras entram em contato com redes de ressonância universal e com movimentos ondulatórios de níveis superiores de evolução. Isso possibilita que os chakras, bem como os corpos: emocional, mental e espiritual fundam-se num único campo energético. Esse campo unificado recebe então os corpos da Mente Suprema e entra em sincronia com as ondas e pulsações do universo. Esse sistema totalmente novo transmite, então, essas ondas e pulsações, por meio dos pontos giratórios, para o sistema circulatório axial para regular as pulsações e fluxos dos fluidos do corpo.
Durante o jogo kármico, como a pessoa está separada do Espírito, vivendo em estado de limitação e alienada de seu corpo físico, isso normalmente significa que ela não se encontra em seu corpo. E se ela não está em seu corpo, não pode ativar o chakra do coração. Como ela não pode ativar o chakra do coração, os chakras predominantes são o chakra básico e o chakra do plexo solar. Todas as atitudes da pessoa são um resultado do medo instintivo, do padrão kármico, do poder, da luxúria, da cobiça ou de puras relações de poder centradas no ego. A pessoa, portanto, não conseguirá ter nenhuma atitude mais elevada enquanto não estiver inteiramente no corpo. E, obviamente, os chakras superiores que estão fora do corpo não serão de maneira alguma ativados.
★ Chakra do Timo e Alta Major ★
Embora existam poucas informações sobre esses dois chakras, os cito aqui para que você ao menos saiba de suas existências e possa sintonizá-los em si mesmo. O chakra do timo é associado com a energia crística. É localizado entre os nossos chakras cardíaco e laríngeo, relacionado ao nosso sistema imunológico; e o "alta major", também conhecido como chakra do sono, que é associado com canalização, o qual permitindo a conexão com sonhos e viagens astrais, servindo de portal para nossas vidas paralelas e encontrado na parte de trás das nossas cabeças, diretamente abaixo da nossa região occipital.
★ Void ★
Cercando os chakras: umbilical e do plexo solar, está o Void que representa o princípio do mestre (o princípio do guru) dentro de nós. Em muitas tradições espirituais, essa área é o "oceano de ilusões" que necessita ser atravessado com o auxílio de um guia espiritual.
Quando a Kundalini é despertada e passa através do Void, esse princípio do mestre é estabelecido dentro de nós. Assim, como diz Shri Mataji, na Sahaja Yoga, você se torna seu próprio guru, seu próprio guia espiritual, pois você pode sentir nas pontas de seus dedos todos os problemas sutis, além de possuir o poder de curá-los usando sua própria Kundalini. Mais ainda, estabelecer este centro nos ajuda a livrarmo-nos de todos os nossos maus hábitos, preguiça, apegos a coisas inferiores e, tudo que nos escraviza de uma forma ou de outra; nós nos tornamos nosso próprio mestre.
Seguir falsos "gurus" que estão mais interessados em truques de poder ou em seu bolso pode danificar muito a área do Void. Mas, após a Auto-Realização, tudo pode ser curado através do poder purificador da Kundalini em meditação.
★ Câmara Secreta do Coração ★
Este é o Chakra Secreto ligado ao oitavo raio, que tem oito pétalas, situa-se atrás do chakra do coração. É o lugar sagrado de Deus no homem, é aqui que se encontra o altar secreto do nosso Santo Cristo Pessoal. Neste altar podemos colocar tudo o que nos é mais sagrado como uma espada de luz ou um manto da invisibilidade.
★ Chakra do Diafragma ★
Situa-se entre os chakras: cardíaco e plexo solar. Por estar relacionado ao plexo solar, está intimamente ligado às emoções, sendo assim, ele atua no equilíbrio das energias irradiadas e recebidas para os outros chakras. Fica no centro do peito, na linha dos mamilos e através dele podemos eliminar muito do lixo cármico que nos impede de atingir nossos objetivos.
★ Chakra Umeral ★
Embora esse chakra seja imprescindível para o funcionamento da Psicografia Mecânica, ele é muito pouco conhecido e nem incluído está na relação dos chakras principais. É um chakra desenvolvido apenas em algumas pessoas. Seu formato é o de uma Lemniscata ("∞", um oito deitado) e os antigos o descreviam como asas de seres iluminados (os Anjos).
Sua cor depende do nosso momento espiritual. Em equilíbrio, tem a cor azul celeste. Quando estamos enfraquecidos a cor predominante é o amarelo. Esse chakra, tal qual todos os demais, situa-se na periferia do corpo físico que, por sua vez, envolve e extrapola o corpo físico em cerca de 5 a 10 cm e, está localizado em nossas costas. É ligado ao corpo físico através do correspondente plexo solar, e deste para os membros superiores (braços, antebraços e mãos) do corpo físico.
Localiza-se no terço médio da omoplata esquerda e, desenvolve a capacidade do paciente estar em contato com vibrações mais sutis e filtra essas energias. Fica exatamente a 180º do Chakra Cardíaco, ou seja, sai das omoplatas, enquanto que o Cardíaco sai do Timo. Esse é um chakra extremamente importante para avaliarmos se estamos com algum problema espiritual. Ele mantém a nossa individualidade e depende do desenvolvimento do chakra do plexo solar, ou seja, da proteção do baço. Ele rege todas as energias que habitam o nosso espaço e as organiza. Ele também processa as energias do ambiente e, filtra as energias densas que transitam no nosso campo energético. Quanto mais percebemos e desenvolvemos as nossas qualidades vibratórias, mais estaremos trabalhando o chakra umeral. Em uma leitura energética ele serve como um parâmetro para que possamos entender se o paciente está com algum tipo de contaminação energética. Basicamente esse chakra se desarmoniza por três fatores:
1) vivência de padrões pessimistas, negativos e derrotistas. Por exemplo: “tudo na vida para mim é difícil”, ou “esse tipo de coisa só acontece comigo”, “eu não mereço isso”, “eu não tenho capacidade para realizar essa tarefa”, etc.
2) quando a pessoa está tão desarmonizada (buracos áuricos), que acaba ficando exposta, vulnerável à energia dos ambientes ou pessoas com que se encontra, em que haja uma vibração não muito boa.
3) por energias intrusas ou espíritos obsessores. É importante que saibamos diferenciar quando uma desarmonia espiritual está relacionada com o chakra coronário que é por onde recebemos a energia cósmica ou com o umeral que conta o grau de vulnerabilidade que o paciente está em relação a energias negativas.
Na Psicografia Mecânica, o guia ou mentor espiritual faz a indispensável ligação magnética do seu corpo astral ao chakra umeral etérico do seu médium mecânico, o que lhe possibilita assumir o controle total dos braços, antebraços e mãos do corpo físico daquele seu médium. Conectado magneticamente dessa maneira ao seu médium mecânico, o mentor ou guia mediúnico pode utilizar as mãos do corpo físico daquele seu médium, para escrever o que quiser, souber e puder.
Dependendo da competência e da experiência tanto do guia mediúnico quando do médium psicógrafo mecânico, a caligrafia dessa escrita mediúnica poderá ser mais ou menos igual à que tinha o guia mediúnico na sua última encarnação.
É através da união deste chakra com os chakras: laríngeo, coronário, plexo solar, umbilical e básico, que se permitem e proporcionam as ligações por fios, chamadas popularmente de incorporações. Ele trabalha a proteção psíquica e é o responsável por toda relação mediúnica entre os planos Físico e Espiritual.
Os chakras frontal e coronário não permitem a incorporação de entidades espirituais, mas têm outras capacidades características, como vidência direta ou mental, visão astral, clarividência, etc.
Ao escrevermos, a informação passa primeiramente pelo cérebro. O mesmo não ocorre quando um médium psicografa automaticamente, usando braços e mãos, que estão sobre a influência de uma entidade espiritual. A ação se dá diretamente nos braços e nas mãos. Somente depois que o médium escreve, desenha ou pinta, é que toma conhecimento do que fez.
O espírito coloca-se atrás do médium, ou ao seu lado, e faz a ligação de um fio magnético do seu chakra até o do médium, e este dificilmente conseguirá resistir ao impulso recebido. Vimos então, que as ligações por fio, chamadas incorporações, só se dão nos chakras situados no tronco do corpo dos médiuns, atuando das seguintes maneiras:
1- Básico - obsessões sexuais e possessões;
2- Esplênico - vampiros;
3- Umbilical - sofredores e obsessores;
4- Cardíaco - passistas (mentores) e efeitos físicos;
5- Laríngeo - mentores, por psicofonia;
6- Umeral - mentores por psicografia automática.
Numa visão gráfica esse indispensável mecanismo de interação, está assim distribuído:
a) Mentalize no Chakra Umeral, um cone de energia na frequência azul celeste, que se expande e se contrai no sentido horizontal para frente, voltando para o chakra e em seguida expandindo-se para trás e voltando novamente para o chakra num movimento cíclico.
b) Quando todos os chakras estiverem pulsando ao mesmo tempo, imagine uma luz branca saindo do centro da sua cabeça (glândula pineal), em direção ao centro do universo, retornando em seguida, passando por todos os chakras e ligando-se ao Centro da Terra.
c) Visualize todos os chakras interligados por esta luz, fazendo com que surja uma explosão de luz branca brilhante transformando seu corpo em LUZ.
★ O Chakra do Anjo ★
Esse chakra tem a ver com luz. Ele está associado com a manifestação do espírito dentro do corpo, com a codificação de mais luz dentro do corpo. Essa é a última área que se fecha nos humanos quando eles se tornam almas incorporadas, mesmo depois que o coronário e o frontal são fechados. Isso acontece com almas ou bebês ou entidades depois que eles nascem e é conhecido como moleira ou fontanela.
Em alguns seres especiais essa área nunca se fecha. É a luz que está fluindo para dentro e a luz que está fluindo para fora. Se o ser é suficientemente evoluído, uma bela luz de arco-íris e cores texturizadas, fluem para fora — Madre Tereza foi um exemplo disso. Poderia ser descoberto em seu crânio que havia áreas onde os ossos não se fechavam, pois sua luz era tal, que ela carregava a Luz do Mundo dentro de si e ela veio a partir dela para o planeta, criando um halo sobre ela. Tal é o caso de outros seres que estão recebendo ensinamentos de outras galáxias, do logos solar, de diferentes entidades. Eles estão mantendo esse centro de energia aberto e utilizando esse chakra para puxar energia desses diferentes níveis, energia que os guia em seu trabalho intricado e interessante.
É por intermédio dele que recebemos todas as instruções, sobre as muitas posições a tomarmos em dados momentos de nossas vidas, quando nos voltamos a auxiliar no processo da evolução planetária como um todo, ou seja, todos os códigos que recebemos e que inclusive modificam por completo o rumo de nossas vidas, por meio de nosso Eu Superior.
A função primária desse chakra é a codificação de mais luz no corpo, a manifestação do espírito. Uma função menor é ressoar os lobos frontais e outras porções do cérebro. Podemos começar a expandir nossa capacidade cerebral, conforme a inteligência aumenta e as conexões multidimensionais ocorrem. Em última análise, nós usaremos 100 por cento do cérebro, em nossa marcha evolutiva para uma consciência superior.
Ele é enfim um centro energético localizado em nossa cabeça entre o nosso chakra frontal e nosso chakra coronário. Fica na fontanela, a moleira da cabeça dos bebês, e é um centro relacionado com o manifestar do espírito e da luz no corpo. Essa luz pode ser percebida tanto quanto energia, quanto como informação, portanto o chakra do anjo é um centro onde a orientação dos espíritos ou anjos pode ser acessada. As informações nele acessadas pertencem ao verdadeiro propósito de um indivíduo incorporar neste planeta. Esse chakra trabalha com as funções superiores do cérebro; particularmente com os lobos frontais. Ativar o chakra do anjo pode aumentar a capacidade do indivíduo para usar mais de seu cérebro para a consciência multidimensional, telepatia com uma das capacidades semelhantemente miraculosas tais como a manifestação do pensamento na matéria.
A consciência do chakra do anjo é importante para todos que trabalham com mudança de freqüência. Sua ativação traz mais luz para nosso ser e nos ajuda a acessar a comunicação com os nossos níveis superiores de consciência. A finalidade desse chakra é trazer mais luz para os corpos sutil e físico. Sua ativação também nos conecta com nossos guias e mentores espirituais. Quanto mais começarmos a trabalhar com esse chakra, mais iremos receber assistência adicional, tanto nas mudanças de freqüência pessoais quanto planetárias. Esse chakra está associado às atividades superiores do cérebro e ao acessamento de diferentes freqüências de consciência, de forma que sintonizado o cérebro, ativa-se através da malha sináptica, a glândula pineal, liberando substâncias neuroquímicas específicas ativadas por harmonias específicas.
Finalizando, esse é para nós, um novo chakra que se descortina nesse imenso universo de informações representado por nossos corpos, que nos possibilita, na medida em que o ativemos, muitas mudanças no que diz respeito à ampliação de nossa sensibilidade e ao aclaramento da nossa visão psíquica, facilitando assim nossa direção quanto ao nosso caminho de volta ao Lar. Ele facilita uma comunicação mais direta com os nossos mentores e com todas as sabedorias profundas. A ativação desse chakra incorpora muito mais luz ao nosso canal de luz, nos proporcionando a abertura de níveis de consciência que sequer imaginamos existir e, que nos facilitam a comunicação com planos superiores, facilitando assim a nossa cura sob quaisquer circunstâncias.
★★ Unificação dos Chakras ★★
Agora complementando esse ensaio sobre esse assunto tão fascinante, que são os chakras, acrescentarei informações de como unificá-los, as quais foram extraídas de um magnífico trabalho realizado ( Um Manual Para a Ascensão, que nos foi presenteado por Serapis Bey, livro o qual sugiro a você que leia atentamente e pratique os conhecimentos lá colocados por esse lindo Mestre de Luz e Amor).
Esse trabalho na verdade é um presente pelo qual temos muito a agradecer a Ariel e a Kwan Yin, pois é por intermédio deles que mais essa informação nos chega. Trabalhar com o Chakra Unificado é o que de mais vital podemos fazer, pois esta técnica reflete conscientemente uma alteração recente na forma como a espécie humana faz funcionar os seus corpos energéticos.
Tradicionalmente, os chakras tinham forma cônica e estavam localizados em sete pontos do campo do corpo físico; eram os meios através dos quais os vários campos humanos trocavam energia. No entanto, os chakras estão deixando de ser cones separados para se tornarem um Chakra Unificado, localizado no coração. Isto é fundamental porque permite o alinhamento dos corpos físico, emocional, mental e espiritual, e a harmonização das suas energias.
Quando a espécie humana, enquanto ESPÍRITO estava ainda na fase de densificação energética e a criar o sistema principal de chakras, levantou uma barreira de energia para separar o coração – o quarto chakra - dos outros centros energéticos. Isto era necessário para assegurar que o jogo do karma funcionasse eficientemente. Desta forma, os três chakras inferiores poderiam atuar como rodas soltas, dado que o efeito moderador do chakra do coração sobre eles se tornara mínimo ou nulo. Desta forma, o chakra do coração não interferia na interação entre os campos da energia básica. Como resultado, as principais respostas às situações da vida estavam fadadas, necessariamente, ao desequilíbrio e à desarmonia: o sexto chakra fornecia respostas intelectuais, o quinto chakra proporcionava formas de comunicação vazias e cheias de julgamento, (o quarto chakra, por princípio, não interferia), o terceiro chakra incentivava as respostas do eu/ego baseadas no poder, o segundo chakra induzia impulsos sexuais descompassados, o primeiro chakra convidava a um comportamento baseado na sobrevivência e no medo.
Evidentemente, estas respostas eram perfeitas para gerar karma, dado que as soluções mais equilibradas do quarto chakra, baseadas no amor e na compaixão, estavam inacessíveis.
Agora, porém, ao trabalharmos com o Chakra Unificado, reunimos os chakras mais elevados (acima da cabeça) com os sete tradicionais, conseguindo que todos passem a funcionar de acordo com a frequência da energia que flui através do chakra do coração. Isto também significa que os três campos mais densos podem ser alinhados, trocar energia e ressoar entre si, tendo o amor como a componente principal dessas interações.
Expandindo o Chakra Unificado para fora do corpo físico, você o sentirá como uma onda estacionária carnal; expandindo-o para dentro, o sentirá como um complexo campo de energia onde só uma parte é visível. Os campos emocional e mental também são energia, evidentemente, embora menos visíveis para a maioria das pessoas.
Assim, finalmente, todos os três campos se podem alinhar num só campo unificado porque encontraram uma gama de frequências do amor – a qual todos podem absorver. Desta forma, o Chakra Unificado elimina completamente o processamento emocional a que estamos tão habituados, permitindo-nos um alinhamento rápido e fácil em nossos corpos e a unificação dos nossos campos de energia.
Outra grande vantagem da utilização do Chakra Unificado é que poderemos trazer muito mais energia para o nosso campo unificado. Estávamos acostumados a usar os sete chakras separados para canalizar e absorver energia para o interior dos campos, também separados; digamos que, de alguma forma, dávamos um aspecto intelectual ou de poder à energia assim canalizada. Agora, porém, poderemos integrar um espectro energético muito mais amplo, especialmente o que é fundamentado no amor, cuja frequência é mais elevada.
Quando você canalizava ou realizava trabalhos de autocura, talvez tenha ouvido zumbidos sempre que a energia deparava com pontos de resistência nos teus campos. Não voltará a sentir isso, porque os campos e os chakras unificados deixarão de oferecer resistência à energia. Isto também significa que irá atuar com propriedade em todas as circunstâncias, uma vez que, automática e naturalmente, serás capaz de mobilizar a quantidade exata de, digamos, amor e energia sexual, amor e energia de poder, etc., necessária a cada situação.
Finalmente e isto é o mais importante, o Chakra Unificado permite que incorporemos gradualmente, o nosso eu/espírito, pois o campo mental deixará de filtrar a energia do amor e os campos emocionais deixarão de opor resistência à nossa mais elevada sabedoria. O Chakra Unificado proverá tudo o que necessitarmos e fará com que isso chegue ao interior do nosso campo unificado, no momento e nas proporções exatas.
★ O Trabalho com o Chakra Unificado
Basicamente, o processo implica estar numa posição cômoda e descansada, respirando profundamente, absorvendo Luz para dentro do chakra do coração. Em cada expiração, visualize o chakra do coração expandindo-se em todas as direções, como se fosse uma esfera. À medida que inspira e expira, expande-o por forma a que vá abarcando, sucessivamente, os pares de chakras:
o terceiro com o quinto;
o segundo com o sexto;
o primeiro com o sétimo;
o ômega com o alfa;
o oitavo com os joelhos;
o nono com os tornozelos;
o décimo com os pés.
Como dito acima, os chakras alfa e ômega estiveram latentes até agora, mas acabam de ser reativados. Apenas relembrando, o chakra ômega, está a cerca de 24 cm abaixo da base da coluna vertebral e nos liga à consciência planetária. Assim, a ligação à terra que realizamos através do chakra básico, deve passar a ser feita, através do chakra ômega; por sua vez, o chakra alfa, a cerca de 24 cm acima da cabeça, favorece o contato com o nosso Corpo de Luz que vibra a partir da 5ª dimensão de consciência. Assim, o nosso Chakra Unificado passará a ser uma esfera de luz dourada, de 6 a 15 metros de diâmetro, a qual será o centro do nosso campo unificado que poderá vir a atingir vários quilômetros de diâmetro.
Dado que o campo espiritual coexiste com este campo unificado, o passo seguinte é pedirmos ao nível apropriado do nosso Eu Superior, que funda a nossa energia com a do campo unificado, a partir do chakra do coração.
Depois disso, podemos continuar e experimentar a nós mesmos como seres verdadeiramente multidimensionais, expandindo a esfera do Chakra Unificado até que ele abranja:
o chakra onze – o nível da nossa alma grupal;
o chakra doze – o nível crístico e do teu Eu Superior;
o chakra treze - a presença do EU SOU;
o chakra catorze - a Fonte;
O Chakra Unificado evita o tradicional sistema de chakras separados que lidava com a energia seletivamente.
Aqui, quando recebia energias de ira ou poder do exterior, respondia inconscientemente, por exemplo, com o primeiro chakra (medo) ou com o terceiro (contraposição de poder), isto é, ou desatava a fugir para defender o teu território
Agora, porém, com o Chakra Unificado, surge um padrão completamente novo: responderá com o teu Ser completo, incluindo o ESPÍRITO, de tal forma que poderá agregar uma poderosa dose de amor ao teu espectro energético. Ao nível do eu/ego, pode continuar a fazer como fazia antes; só que, agora, os campos das outras pessoas passarão a receber de ti energia de amor... embora, no início, isso as possa deixar um pouco confundidas por não estarem habituadas!
Portanto, como dispões da energia de amor nos teus campos, continuará a sentir o calor dela dentro de ti... mesmo se alguém te atacar! Em algum momento desse episódio, ou tu ou o atacante, ou ambos, começarão a sorrir e, de repente, a tensão desaparecerá.
É por isso que o Chakra Unificado é o remédio perfeito para tudo o que te afligir. Recomenda-se a unificação dos chakras várias vezes ao dia. Com um pouco de prática, serás capaz de decretar para ti mesmo: unifiquem-se! E, instantaneamente, converterás todos os chakras em um só, unificado.
E que tal se usare este remédio com fins construtivos, em vez de para destruir?
Apesar da energia do ESPÍRITO ser de alta freqüência, ela gera ondas estacionárias cujas freqüências as sub-harmônicas dela mesma, empatizam perfeitamente com as bandas de freqüência dos nossos campos físico, emocional e mental. Quando trabalhávamos com o sistema de chakras separados, estávamos habituados a que, por exemplo, o terceiro chakra manejasse as freqüências do poder, o quinto e o sexto lidassem com as formas de pensamento, etc... mas nenhum deles administrava tudo simultaneamente; mas somente os chakras abertos permitiam que certas facetas do nosso eu/espírito chegassem aos campos mais baixos. O Chakra Unificado, porém, permite a articulação completa de todos os aspectos do ser.
As nossas respostas passam a proceder integralmente do eu/espírito, o que significa que passaremos a estar ativos... ao invés de reativos, a viver ancorados no amor e não no medo; seremos transpessoais em vez de estarmos ancorados na personalidade.

520 - DINHEIRO INESPERADO - DURMA OUVINDO - GRABOVOI - LEI DA ATRAÇÃO



520 - DINHEIRO INESPERADO - DURMA OUVINDO - GRABOVOI - LEI DA ATRAÇÃO





NINA,NINA MARINHO,MÉDIUM,ORAÇÃO,ORAÇÕES,REZA, REZAS,PRECE,PRECES,GRIGORI GRABOVOI,GRABOVOI,O SEGREDO,TANTRA,
SEXO TÂNTRICO,FÍSICA QUÂNTICA,COMO CONSEGUIR RIQUEZA,COMO GANHAR DINHEIRO,LEI DA ATRAÇÃO,PROSPERIDADE,DINHEIRO,
SAÚDE,SUCESSO,MILAGRE,MILAGRES,MANTRA,MANTRAS,PODER,FÉ,CURA,ENERGIAS POSITIVAS,ENERGIA,UNIVERSO,PAZ,PASSE VIRTUAL,
AGESTA,DINHEIRO,DINHEIRO INESPERADO,MEDIUNIDADE,MÚSICA,MUSICAS,SEQUÊNCIAS DE GRABOVOI,ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL,PRIMEIRO MILHÃO,

Ondas alfa SUPER INTELIGENCIA - dinheiro, pnl, segredo riqueza sublimina...

VOCÊ ESTA PRESTES A ENTRAR NO MUNDO DO DESAFIO DOS 150 DIAS





PARTE 1 - do DESAFIO DOS 150 DIAS
Leia atentamente as instruções abaixo para saber como ÁUDIOS PODEROSOS e acelere em 300% os resultados que você deseja ter com o Desvendando o Segredo.

Olá, tudo bem?

Você está prestes a ENTRAR NO MUNDO DO DESAFIO DOS 150 DIAS.
VOCÊ IRÁ manifestar toda abundância na sua vida, entretanto, antes de começar sua jornada, eu quero te mostrar algo que vai aumentar em 300% o sucesso com suas manifestações, sem precisar fazer esforço extra...

Esse sistema que vou te mostrar não é um curso ou um livro.

Ele não leva 10 semanas para aprender.

Não leva 10 dias para aprender.

1 livro por semana
2 videos por dia
3 agradecimento
4 audio hipnose
5 escrita - com agradecimento
6 grabovoi
7 imagens subliminares
8 audio ao dormir... Audio de 15 minutos, para melhoras em todos os setores de sua vida:
SEJA BEM VINDO AO MUNDO DO DESAFIO DOS 150 DIAS






-----------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------------------------------


quinta-feira, 22 de junho de 2017

o tigre e a arvore

há sabedoria. Aquele que tem entendimento, 

calcule o número 


E eis que Ela foi enganada tirada em seu prazer !!
Levada a um Prédio muito ...muito alto
a espera do elevador que a levaria a maior parcela de prazer .
Adentrou sozinha no elevador pois suas companhias que em tanto depositava confiança a abandou sozinha para que subisse o elevador e saíram em alta zombaria
O elevador subiu muito alto porem não tão alto quanto sua capacidade .
então ouve -si a voz metálica do elevador 
``VOCÊ TEM CORAGEM E FORÇA PARA ENCARAR 3 LEÕES ?"
Em desespero a mulher tenta inultimente a apertar os botoes que levaria o elevador de volta a seu grau mais abaixo, não funciona ..
tenta com todas as forcas segura a porta do elevador que o que a protege da fúria dos 3 leões inutilmente .
as portas vão ão chão .. e aparece um grande TIGRE deitado atras das grades e fora da grades uma grande árvore 
O Tigre olha a mulher e a árvore e ela vê mentalmente a imagem de pessoas que subia a árvore para si protege do tigre, porem o Tigre comia suas pernas e assim o tigre sobrevivia comendo pernas de enganados.
a mulher compreendeu que foi enganada por suas companhias e dali saiu desesperada correndo
encontrou uma casa ão lado do prédio e pediu ajuda e contou o ocorrido ão seus moradores que fingiram surpresa pois na verdade eles já sabiam que naquele prédio vivia um tigre que si alimentava das pernas dos enganados 
e volta a mulher a novamente a presença do tigre 

cabritabrit 
22/06/2017

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Vícios - Dependências Visão Espírita

Não entendemos o vício como sendo um problema de criminalidade, mas como um problema de desequilíbrio nosso, diante das leis da vida. E isto não apenas no terreno em que o vício é mais claramente examinado.

Por exemplo: se falamos demasiadamente, estamos viciados no verbalismo excessivo e infrutífero. Se bebemos café excessivamente, estamos destruindo também as possibilidades do nosso corpo nos servir. Quando falamos a palavra vício, habitualmente logo nos recordamos do sexo.
Mas do sexo herdamos nossa mãe, nosso pai, lar, irmãos, a bênção da família. Tudo isto recebemos através do sexo. No entanto, quando falamos em vício, lembramo-nos do fogo do sexo e o tóxico... Mas tóxico é outro problema para nossos irmãos que se enfraqueceram diante da vida, que procuram uma fuga. Não são criminosos. São criaturas carentes de mais proteção, de mais amor. Porque se os nossos companheiros enveredaram pelo caminho do tóxico, eles procuraram esquecer algo. E esse algo são eles mesmos.
Então, precisávamos, talvez, reformular nossas concepções sobre o vício.
Há pouco tempo, perguntamos ao espírito de Emmanuel como é que ele definia um criminoso.
Ele nos disse: "O criminoso é sempre um doente, mas se ele for culpado, só deve receber esse nome depois de examinado por três médicos e três juízes".


Vícios!


 "Doutrina Espírita oferece-nos subsídios valiosos para refrearmos os nossos vícios. Primeiramente, diz-nos que, na atualidade, a nossa virtude é o desenvolvimento intelectual; nosso vício é a indiferença moral. Aponta o egoísmo como o mais radical dos vícios, pois dele deriva todo o mal. Na pergunta 913 de O Livro dos Espíritos, destaquemos a frase: “Quem nesta vida quiser se aproximar da perfeição moral deve extirpar do seu coração todo sentimento de egoísmo, porque é incompatível com a justiça, o amor e a caridade: ele neutraliza todas as outras qualidades”.


Embora o Espiritismo seja uma doutrina reencarnacionista e ensine o princípio das múltiplas encarnações do Espírito, não se pratica - como terapêutica espírita - nenhuma técnica que vise conduzir alguém a reviver momentos de suas existências pregressas (para maiores informações, consultar o artigo "Considerações sobre a Regressão e Terapia de Vidas Passadas", neste site). Portanto, não compete à Doutrina Espírita indicar este procedimento. No entanto, não nos abstemos de oferecer alguns apontamentos sobre os vícios, sob as luzes do Espiritismo, uma vez que o esclarecimento pode cooperar com as terapêuticas convencionais para a superação dos mesmos.

O vício pode ser entendido como o impulso na busca de satisfação através de substâncias que atuam no organismo, em especial nos processos neuropsíquicos, ao ponto de provocar alterações caracterizadas por estados de euforia, autoconfiança, sensações de prazer, entre outros.
Do ponto de vista espiritual, os vícios resultam em processos complexos registrados no perispírito, repercutindo significativamente física, psíquica e espiritualmente na vida material atual, na vida espiritual futura, logo após a morte do corpo físico, bem como em encarnações posteriores, sendo uma das razões de possíveis doenças cármicas.
No livro 'Joana de Angelis Responde', a veneranda benfeitora esclarece que, por traz dos vícios, "além das conjunturas meramente psicofisiológicas, merece considerar-se que, em toda dependência viciosa, há sempre uma lancinante força obsessiva, mediante a qual seres pervertidos e viciados que viveram na Terra e se equivocaram, por processo natural de sintonia, imantam-se às criaturas humanas, às vezes sendo a causa do mal, e em circunstâncias outras - o que é mais comum - dependentes também da falsa necessidade de que padece o homem" (questão 14, psicografia de Divaldo Franco). Não raro, pois, o viciado sofre a atuação de entidades espirituais que, sintonizados através dos pensamentos, incentivam a manutenção do vício, dificultando os esforços de recuperação.
Nestes casos, necessário indicar o tratamento espiritual, que deve ser realizado paralelamente ao tratamento convencional. Acresça-se os recursos do passe magnético, da água fluidificada e da desobsessão, sempre que necessária. Abordando esse tema, André Luiz afirma que "a medicina inventará mil modos de auxiliar o corpo atingido em seu equilíbrio interno; por essa tarefa edificante, ela nos merecerá sempre sincera admiração e amor, entretanto, cumpre a nós outros praticar a medicina da alma, que ampare o espírito enleado nas sombras" (do livro 'No Mundo Maior', psicografia de Chico Xavier). E continua em seguida: "é mister acender, em derredor de nossos irmãos encarnados na Terra, a luz da compaixão fraterna, traçando caminhos à responsabilidade individual. Haja mais amor ante os vales da demência do instinto e as derrocadas cederão lugar a experiências santificantes".
No entanto, precisamos estar atentos também aos vícios morais. Questionados por Allan Kardec sobre o maior obstáculo ao progresso, os Espíritos Superiores foram enfáticos: "o orgulho e o egoísmo"(questão 785 de 'O Livro dos Espíritos'). Mais à frente, incitam-nos a estudar todos os vícios, pois que, como resultado, veremos que "no fundo de todos há egoísmo (...) Daí deriva todo mal" (questão 913 de 'O Livro dos Espíritos'). O ciúme, a inveja, a vaidade, a cupidez, o personalismo são, em última instância, conseqüência de nosso orgulho e egoísmo. Estas são as duas principais chagas da sociedade, que somente poderão ser vencidas quando os valores morais se sobrepuserem aos interesses materiais.
Portanto, estejamos atentos e permitamos que o Espiritismo transforme nossos hábitos, usos e relações sociais. E lembremos o alerta de Kardec à questão 917 de 'O Livro dos Espíritos': "O egoísmo é a fonte de todos os vícios, como a caridade o é de todas as virtudes. Destruir um e desenvolver a outra, tal deve ser o alvo de todos os esforços do homem, se quiser assegurar a sua felicidade neste mundo, tanto quanto no futuro".


                        Drogas!


Um dos problemas mais graves da sociedade humana, na atualidade, é o consumo indiscriminado, e cada vez mais crescente, das drogas, por parte não só dos adultos, mas também dos jovens e, lamentavelmente, até das crianças, principalmente nos centros urbanos das grandes cidades.
A situação é tão preocupante, que cientistas de várias partes do Planeta, reunidos, chegaram à seguinte conclusão: "Os viciados em drogas de hoje podem não só estar pondo em risco seu próprio corpo e sua mente, mas fazendo uma espécie de roleta genética, ao projetar sombras sobre os seus filhos e netos ainda não nascidos."
Diante de tal flagelo e de suas terríveis conseqüências, não poderia o Espiritismo, Doutrina comprometida com o crescimento integral da criatura humana na sua dimensão espírito-matéria, deixar de se associar àqueles segmentos da sociedade que trabalham pela preservação da vida e dos seus ideais superiores, em seus esforços de erradicação de tão terrível ameaça.
O efeito destruidor das drogas é tão intenso que extrapola os limites do organismo físico da criatura humana, alcançando e comprometendo, substancialmente, o equilíbrio e a própria saúde do seu corpo perispiritual. Tal situação, somada àquelas de natureza fisiológica, psíquica e espiritual, principalmente as relacionadas com as vinculações a entidades desencarnadas em desalinho, respondem, indubitavelmente, pelos sofrimentos, enfermidades e desajustes emocionais e sociais a que vemos submetidos os viciados em drogas.
Em instantes tão preocupantes da caminhada evolutiva do ser humano em nosso planeta, cabe a nós, espíritas, não só difundir as informações antidrogas que nos chegam do plano espiritual benfeitor que nos assiste, mas, acima de tudo, atender aos apelos velados que esses amigos espirituais nos enviam, com seus informes e relatos contrários ao uso indiscriminado das drogas, no sentido de envidarmos esforços mais concentrados e específicos no combate às drogas, quer no seu aspecto preventivo, quer no de assistência aos já atingidos pelo mal.




 A Ação das Drogas no Perispírito

Revela-nos a ciência médica que a droga, ao penetrar no organismo físico do viciado, atinge o aparelho circulatório, o sangue, o sistema respiratório, o cérebro e as células, principalmente as neuroniais.
Na obra "Missionários da Luz" - André Luiz ( pág. 221 - Edição FEB), lemos: "O corpo perispiritual, que dá forma aos elementos celulares, está fortemente radicado no sangue. O sangue é elemento básico de equilíbrio do corpo perispiritual." Em "Evolução em dois Mundos", o mesmo autor espiritual revela-nos que os neurônios guardam relação íntima com o perispírito.
Comparando as informações dessas obras com as da ciência médica, conclui-se que a agressão das drogas ao sangue e às células neuroniais também refletirá nas regiões correlatas do corpo perispiritual, em forma de lesões e deformações consideráveis que, em alguns casos, podem chegar até a comprometer a própria aparência humana do perispírito. Tal violência concorre até mesmo para o surgimento de um acentuado desequilíbrio do Espírito, uma vez que "o perispírito funciona, em relação a esse, como uma espécie de filtro na dosagem e adaptação das energias espirituais junto ao corpo físico e vice-versa.
Por vezes o consumo das drogas se faz tão excessivo, que as energias, oriundas do perispírito para o corpo físico, são bloqueadas no seu curso e retornam aos centros de força.



A Ação dos Espíritos Inferiores Junto ao Viciado
Esta ação pode ser percebida através das alterações no comportamento do viciado, dos danos adicionais ao seu organismo perispiritual, já tão agredido pelas drogas, e das conseqüências futuras e penosas que experimentará quando estiver na condição de espírito desencarnado, vinculado a regiões espirituais inferiores.
Sabemos que, após a desencarnação, o Espírito guarda, por certo tempo, que pode ser longo ou curto, seus condicionamentos, tendências e vícios de encarnado. O Espírito de um viciado em drogas, por exemplo, em face do estado de dependência a que ainda se acha submetido, no outro lado da vida, sente o desejo e a necessidade de consumir a droga. Somente a forma de satisfazer seu desejo é que varia, já que a condição de desencarnado não lhe permite proceder como quando na carne. Como Espírito precisará vincular-se à mente de um viciado, de início, para transmitir-lhe seus anseios de consumo da droga, posteriormente, para saciar sua necessidade, valendo-se para tal do recurso da vampirização das emanações tóxicas impregnadas no perispírito do viciado, ou da inalação dessas mesmas emanações quando a droga estiver sendo consumida.

 "O Espírito de um viciado em drogas, em face do estado de dependência a que se acha submetido, no outro lado da vida, sente o desejo e a necessidade de consumir a droga."
Essa sobrecarga mental, indevida, afeta tão seriamente o cérebro, a ponto de ter suas funções alteradas, com conseqüente queda no rendimento físico, intelectual e emocional do viciado. Segundo Emmanuel, "o viciado, ao alimentar o vício dessas entidades que a ele se apegam, para usufruir das mesmas inalações inebriantes, através de um processo de simbiose em níveis vibratórios, coleta em seu prejuízo as impregnações fluídicas maléficas daquelas, tornando-se enfermiço, triste, grosseiro, infeliz, preso à vontade de entidades inferiores, sem o domínio da consciência dos seus verdadeiros desejos".



Contribuição do Centro Espírita no trabalho antidrogas desenvolvido pelos Benfeitores Espirituais


A Casa Espírita, como Pronto-Socorro espiritual, muito pode contribuir com os Espíritos Superiores, no trabalho de prevenção e auxílio às vítimas das drogas nos dois lados da vida.
Com certeza, essa contribuição poderia ocorrer através de medidas que, no dia-a-dia da Instituição, ensejassem:
  1. Um incentivo cada vez mais constante às atividades de evangelização da infância e da juventude, principalmente com sua implantação, caso a Instituição ainda não tenha implantado.
  2. Estimular seus freqüentadores, em particular a família do viciado em tratamento, à prática do Evangelho no Lar. Essas pequenas reuniões, quando realizadas com o devido envolvimento e sinceridade de propósitos, são fontes sublimes de socorro às entidades sofredoras, além, naturalmente, de concorrer para o estreitamento dos laços afetivos familiares, o que decerto estimulará o viciado, por exemplo, a perseverar no seu propósito de libertar-se das drogas ou a dar o primeiro passo nesse sentido.
  3. Preparar devidamente seu corpo mediúnico para o sublime exercício da mediunidade com Jesus, condição essencial ao socorro às vítimas das drogas, até mesmos as desencarnadas.
  4. No diálogo fraterno com o viciado e seus familiares, sejam-lhes colocados à disposição os recursos socorristas do tratamento espiritual: passe, desobsessão, água fluidificada e reforma íntima.
  5. Criar, no trabalho assistencial da Casa, uma atividade que enseje o diálogo, a orientação, o acompanhamento e o esclarecimento, como fundamentação doutrinária, ao viciado e a seus familiares.

Conclusão

Diante dos fatos e dos acontecimentos que estão a envolver a criatura humana, enredada no vício das drogas, geradoras de tantas misérias morais, sociais, suicídios e loucuras, nós, espíritas, não podemos deixar de considerar essa realidade, nem tampouco deixar de concorrer para a erradicação desse terrível flagelo que hoje assola a Humanidade. Nesse sentido, urge que intensifiquemos e aprimoremos cada vez mais as ações de ordem preventiva e terapêutica, já em curso em nossas Instituições, e que, também, criemos outros mecanismos de ação mais específicos nesse campo, sempre em sintonia com os ensinamentos do Espiritismo e seu propósito de bem concorrer para a ascensão espiritual da criatura humana às faixas superiores da vida.

Seu comentário é muito importante para mim!



segunda-feira, 8 de maio de 2017

As leis de Carma e Darma

As leis de Carma e Darma

 

Resultado de imagem para As leis de Carma e Darma
Nesta lição aprenderemos sobre duas leis superiores, as leis de carma e darma, sendo muito importante entender como essas leis funcionam para que possamos saber o que fazer para conduzir nossas vidas com mais sabedoria.

Qualquer ato seja este bom ou mal, tem a sua conseqüência. Se praticarmos o bem a conseqüência será boa para nós, se temos uma má conduta as conseqüências serão ruins.
Não existe efeito sem causa e nem causa sem efeito.
E para julgar nossas ações existem seres de consciência totalmente desperta, que são os responsáveis para levar a cabo este trabalho.
Estes seres constituem o Tribunal da Justiça Divina, cuja função é pesar nossas boas e más ações e aplicar de forma justa a sentença, a conseqüência dos nossos atos.

O Tribunal da Justiça Divina.

Esse Tribunal é formado pelo regente Anúbis e seus 42 juízes.
Nas pirâmides do Egito foram encontradas várias ilustrações do Tribunal da Justiça Divina.
Nestas ilustrações o regente Anúbis é representado por um homem com a cabeça de chacal e os 42 juízes são simbolizados por diversos animais. Anúbis, na tradição egípcia, é o juiz que pesa o coração dos mortos e aplica a pena correspondente.

A Lei Divina tem como base a justiça e a misericórdia. A justiça sem misericórdia é tirania. A misericórdia sem justiça é tolerância, complacência com o erro.
Se ao pesar nossas ações em uma balança, o prato das boas ações estiver mais pesado o resultado será um Darma, que é uma recompensa pelas boas obras que fazemos.
O Darma (do sânscrito Dharma) significa também realidade ou ainda virtude.
Se ocorrer o contrário, se o prato das más ações estiver mais pesado, o resultado será um Carma para nós, ou seja, sofrimento, dor, adversidades, etc.
A palavra de origem sânscrita Karma significa ação. Podemos entendê-la como lei de ação e conseqüência.

Os tipos de Carma.

Existem vários tipos de Carma:

Individual: quando é aplicado especificamente a uma pessoa. Por exemplo, no caso de uma doença.
É importante ressaltar que nem todo sofrimento ou acontecimento ruim é cármico, pois devido a nossa inconsciência podemos causar diretamente nosso próprio sofrimento. Ex: uma pessoa que atravessa uma rua sem a devida atenção e é atropelada.

Familiar: quando é aplicado de tal forma que afeta toda uma família. Por exemplo, no caso de se ter um membro da família que é viciado em drogas. Isto traz sofrimento para todos ao redor.

Regional: quando é aplicado em determinada região. Temos como exemplo as secas, enchentes ou outras adversidades climáticas que ocorrem em determinados lugares e regiões.

Nacional: é uma ampliação do carma regional. Temos o exemplo de países que são assolados pela guerra, ditaduras, misérias, desastres naturais, etc.

Mundial: quando é aplicado a toda humanidade. Temos o exemplo das guerras mundiais e, atualmente, vemos a imensa degradação e a progressiva escassez dos recursos naturais, iminência de guerra nuclear, grandes desastres naturais, ameaças de epidemias, etc.

Neste momento não poderíamos deixar de alertar que estão ocorrendo grandes transformações em nosso mundo devido ao carma mundial que está em progresso.
Por isso é urgente que se pratique a morte psicológica, que se elimine o máximo possível dos defeitos psicológicos, que é o que nos torna desumanos, para não sucumbir juntamente com toda a humanidade ante o carma mundial.

Katância: é o carma mais rigoroso, que é aplicado aos Mestres, que apesar de suas inúmeras perfeições, podem cometer erros e ser penalizados.

Kamaduro: é o carma aplicado a erros graves, assassinatos, emboscadas, torturas, etc. Esse tipo de carma não é negociável e quando é aplicado vai inevitavelmente até as suas consequências finais.

Karmasaya: esse carma também não é negociável e é aplicado quando a pessoa comete adultério.
Nas escrituras sagradas está escrito que “todo pecado será perdoado, menos os pecados contra o Espírito Santo”, e esse pecado é o adultério. Mas o que é considerado adultério perante a Justiça Divina?

Perante a Lei Divina quando duas pessoas se unem sexualmente elas estão casadas nos mundos internos (independente de serem casadas pelas leis físicas).
Portanto se a pessoa tem mais de um/uma parceiro sexual em um determinado espaço de tempo (menos de um ano), essa pessoa comete adultério e lança Carma sobre suas costas.

Mais ainda, quando duas pessoas se unem sexualmente, por estarem internamente casadas, seus Carmas se somam e tornam-se comum às duas pessoas.
E se uma dessas duas pessoas tiver outra relação sexual com uma terceira pessoa, essa última terá o Carma das três pessoas.
Sabendo disso podemos então fazer uma idéia de como é grave a situação cármica de toda a humanidade.

Os negócios do Carma.

Como foi dito acima as bases da Lei Divina são a justiça e a misericórdia. Isso significa que, por mais duro que seja nosso carma, podemos pagá-lo com boas obras e então não necessitaremos sofrer.

“Faze boas obras para que pagues tuas dívidas. Ao leão da lei se combate com a balança.”

“Quem tem com que pagar, paga e sai bem em seus negócios; quem não tem com que pagar, pagará com dor.”

Se no prato da balança cósmica colocamos as boas obras e no outro as más, é evidente que o Carma dependerá de qual prato estará mais pesado. Todos somos grandes devedores, seja devido aos nossos atos nessa existência ou em outras passadas.
Por isso é urgente que mudemos nossa conduta diária.

Ao invés de protestarmos por estarmos em dificuldades, devemos sim procurar ajudar aos demais.
Ao invés de protestarmos por estarmos doentes, devemos dar medicamentos aos que não podem comprá-los, levar ao médico os que não podem ir, etc.
Ao invés de reclamarmos das pessoas que nos caluniam, devemos aprender a ver o ponto de visto alheio e abandonar de uma vez a calúnia, as intrigas, as reclamações, etc.

Nosso carma pode ser perdoado se eliminarmos a causa de nossos erros, de nossa ira, de nossa inveja, de nosso orgulho, etc.
A causa de nossos erros e, por conseguinte, de nosso sofrimento é o ego, nosso defeitos psicológicos..
O mundo seria um paraíso se as pessoas eliminassem de si mesma essas abominações inumanas.
Não é possível ter uma conduta reta se somos manipulados pelos defeitos psicológicos.

Conforme vamos eliminando nossos próprios defeitos o carma referente a tal ou qual defeito vai sendo perdoado. Isto é a misericórdia.

Nunca devemos protestar contra nossa situação cármica, pois isso só vem a agravá-la.
O Carma é um remédio que nos aplicam para que vejamos nossos maiores defeitos e que normalmente são a causa de nosso sofrimento.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens populares